Páginas

domingo, 18 de julho de 2010

Obstinação

          Sob o abrigo da última macieira sobrevivente em seu quintal, encontrou a verdade. Lá estava, entranhada à raíz da mesma, a espada de sua ordenação. Ele que a procurou longe, que imprimiu viagem insólita - virou céus, chuvas e luas... Quase uma vida atrás dela. Uma vida inteira de busca.
          Mas isso, justamente isso, a busca longínqua e insistente, quase desanimadora, a experiência do tempo que passa e a assimilação desta, é que o levou até ela. A perseguição lhe ensinou persistência. Deu-lhe a serenidade necessária para empunhá-la. E no retorno, quase vencido, pode ver - e sentir - a verdadeira alegria do achado.
           Era digno dela.

Nenhum comentário: